Transtorno Explosivo Intermitente

Esta doença é caracterizada pelo constante fracasso em resistir a impulsos agressivos, acarretando em ataques físicos ou destruição de propriedades, sendo que o grau de agressividade expressada durante um episódio é amplamente desproporcional a qualquer provocação ou estressor psicossocial desencadeante.

O indivíduo pode descrever os episódios agressivos como "surtos" ou "ataques" nos quais o comportamento explosivo é precedido por um sentimento de tensão ou excitação, seguido imediatamente por uma sensação de alívio. Posteriormente, o indivíduo pode sentir remorso, arrependimento ou embaraço pelo comportamento agressivo.

Sinais de impulsividade ou agressividade generalizada podem estar presentes entre os episódios explosivos. Os indivíduos com traços narcisistas, obsessivos, paranóides ou esquizóides podem estar especialmente propensos a ter surtos explosivos de raiva, quando sob estresse.

O transtorno pode ter como consequência a perda do emprego, suspensão escolar, divórcio, dificuldades com relacionamentos interpessoais, acidentes (por ex., em veículos), hospitalização (por ex., em virtude de ferimentos sofridos em lutas ou acidentes) ou detenções legais.

Veja também...

Tags: , , , ,

6 comentários para “Transtorno Explosivo Intermitente”

  1. Uma vez ou outra, sou explosivo. Chuto o pau da barraca, como se diz. Sou notório pavio curto. Será que tem cura? Espero que sim.

    Firefox 3.6.23 Firefox 3.6.23 Windows 7 Windows 7
    Mozilla/5.0 (Windows; U; Windows NT 6.1; pt-BR; rv:1.9.2.23) Gecko/20110920 Firefox/3.6.23
  2. Como deve se tratar esta doença? Acho que a tenho. Sou, sempre, sempre chamado de “pavio curto.”

    Firefox 3.6.23 Firefox 3.6.23 Windows 7 Windows 7
    Mozilla/5.0 (Windows; U; Windows NT 6.1; pt-BR; rv:1.9.2.23) Gecko/20110920 Firefox/3.6.23
  3. Tenho isso.Com certeza!Já quebrei coisas,tenho acessos de “loucura”,grito,brigo fico fora de mim depois morro de vergonha.Sou pavio curto mesmo,qualquer coisa me irrita e muito.Costumo dizer que nasci sem paciência.É horrível!

    Google Chrome 14.0.803.0 Google Chrome 14.0.803.0 Windows 7 Windows 7
    Mozilla/5.0 (Windows NT 6.1) AppleWebKit/535.1 (KHTML, like Gecko) Chrome/14.0.803.0 Safari/535.1
  4. Para mim, ataques deste tipo estão se tornando cada mais frequentes, quase que diários, não sei mais o que fazer, estou a beira de uma separação, a pessoa não me aguenta mais, no transito é exatamente desta forma que me comporto, por causa de uma buzina atrás de mim eu entro em estado de loucura completa, pode estar quem estiver do meu lado, a pessoa implora que eu pare mas eu não consigo, já escapei diversas vezes de acidente, pois ando de moto, não consigo me controlar, minha compaheira passa vergonha comigo, pois dou escândalo seja na frente de quem for, me sinto aliviada logo em seguida, mas em pouco tempo, a vergonha e a tristeza tomam conta de mim, não consigo nem lembrar direito o que disse nesses momentos, vou procurar um médico urgente, não sei se o que tenho é isso, mas pelo o que li pareceu…

    Internet Explorer 8.0 Internet Explorer 8.0 Windows 7 Windows 7
    Mozilla/4.0 (compatible; MSIE 8.0; Windows NT 6.1; Trident/4.0; GTB7.0; Mozilla/4.0 (compatible; MSIE 6.0; Windows NT 5.1; SV1) ; SLCC2; .NET CLR 2.0.50727; .NET CLR 3.5.30729; .NET CLR 3.0.30729; Media Center PC 6.0; InfoPath.2; .NET CLR 1.1.4322)
    1. Samia,

      Procure conversar mais com você. Nas conversas, tente descobrir o que você tem feito para ajudá-la a se setir bem. Se for pouco, faça uma lista de coisas boas que você fazia e deixou para trás; volte a fazê-las. Agressividade e vontade de soltá-la nós todos temos, mas a maioria consegue bloquear. Você, que manda em você, deixou livre a parte do cérebro chamada Subcortical. A outra parte do seu cérebro, a Cortical, está sem força, talvez por estar abandonada. Se tiver tempo, leia um pouco meu livro: “Homem, animal de duas cabeças”. Discuto as funções de uma e outra. Aconselho também a forçar o cérebro cortical sempre que puder. Se agir assim, ele, o cortical (o que analisa, julga, pensa) vai tomando força para controla o brigador, violento, nervoso (só emoção). Antes de ir ao médico faça isto que escrevi e mande-me notícias. Talvez o cortical ganhe.

      Abraços

      Galeno Alvrenga

      Google Chrome 19.0.1084.52 Google Chrome 19.0.1084.52 Windows 7 Windows 7
      Mozilla/5.0 (Windows NT 6.1) AppleWebKit/536.5 (KHTML, like Gecko) Chrome/19.0.1084.52 Safari/536.5
  5. Bom Dia ,

    Convivo com uma pessoa que tem todas as caracteristicas de ter o transtorno explosivo. É diário o seu ataque de fúria. Aliás, seus ataques de fúria acontecem pelo menos umas 5 vezes ao dia.De sua boca saem palavras assustadoras, ele gosta de falar muito, mas não tem nenhuma habilidade em ouvir, inclusive estava passando o programa da Fátima Bernardes e pedi para ele assistir, e ele além de não assistir saiu como um doido, falando que não ia esperar eu assistir o programa para sair . Ele desrespeita as pessoas, principalmente quem não tem reação para dar as respostas à altura de sua fúria. Quando estamos com minha família, ele nega tudo o que falo, e inclusive sou uma pessoa bem tranquila e ao longo de minha vida tenho procurado melhorar, não julgando, ajudando aos que precisam de mim, e não ficando irritada com qualquer coisa, só que isso foi responsável por eu parar no hospital, com sisntomas de ataque cardiaco, um dia após ele ter tido um ataque de fúria comigo, onde disse palavras assustadoras e eu ter ficado quieta, e meu filho e minha futura nora terem ouvido tudo ( ele não sabia que eles estavam em casa). A questão é a seguinte: ele não aceita que tem problemas. Faço terapia e ele se recusa a fazer pelo menos a terapia, se bem que acho que o caso dele é para psiquiatria. Não sei o que fazer. Estou simplesmente sem nenhuma esperança de que algo mude, se ele não procurar ajuda.

    Internet Explorer 9.0 Internet Explorer 9.0 Windows 7 x64 Edition Windows 7 x64 Edition
    Mozilla/5.0 (compatible; MSIE 9.0; Windows NT 6.1; WOW64; Trident/5.0)

Comente!

Você precisa fazer LogIn para publicar um comentário.

Livros Online

Painel de acesso

Veja também…

Abuso / Violência Sexual Abusos nas Receitas Médicas Agressividade e Violência Alcoolismo (vício em álcool) Ansiedade Ansiolíticos Antidepressivos Aprenda a não ser tolo Avaliação Psicológica / Diagnósticos Casamento: felicidade e problemas Charlatões / Manipuladores Comportamento / Condutas Consultas médicas / Exames / Tratamentos Crenças antigas / Mitos / Superstições Cérebro e Mente Dependência Psicológica Dependência Química / Drogadição Depressão Desenvolvimento Cognitivo / Cognição Disfunções Sexuais (Problemas Sexuais) Divórcio / Separação Doentes Mentais - Pacientes Psiquiátricos Doenças e Doentes Doenças Mentais (transtornos) Dopamina Drogas / Medicamentos / Remédios Educação e Conhecimento Efeitos Colaterais Emoções Primárias Emoções Sentimentos Controle Entendendo o Ser Humano Esquizofrenia Estresse (Stress) Estresses Problemas e Adversidades Estruturas Neurais Estímulos Emocionais Estímulos Sensoriais Evolução da Mente Família e Casamento Festas populares e Lazeres Filhos Filosofia Funções Cerebrais Guerra dos sexos Ideologias e sonhos Informação Linguagem e comunicação Jovens Ligações Amorosas / Afetivas / Sociais Linguagem médica / Jargões Livros Online Grátis Livros Psicologia Livros Psiquiatria Mapa mental Medicina Antiga Medo Pânico Memória e Indivíduo Médico vs Paciente Neuro-hormônios peptídeos Neurociência Neuropsicologia Neurotransmissores Oxitocina ou ocitocina Pensamento / Raciocínio Percepção Estímulo Poder da mente Política: Políticos e Corrupção Problemas sociais Psicologia Psicose (Delírios / Alucinações) Psicoterapia / Psicanálise Psiquiatria Psiquiatria Antiga Razão vs Emoção Receitas Médicas / Prescrição de Medicamentos Relacionamentos Religião Riscos para Saúde Saúde mental Serotonina Sexo e Sexualidade Simbolismos Sinapses Sistema Emocional Sistema límbico Sistema Motivacional Sistema Neural Neurônio Sistema Sensorial Sociedade: Valores e Cultura Solidão Suicídio Suicidas Síndrome de Abstinência Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) Transtorno de Personalidade Anti-social (antissocial) Transtorno de Personalidade Narcisista Transtornos de Ansiedade Transtornos de Personalidade Transtornos dos Hábitos e dos Impulsos Transtornos Emocionais (de Humor) Transtornos Sexuais Uso de Drogas (Consumo)