Recepção de Estímulos Sensoriais; ativação das Emoções

Imagem - Estímulos sensoriais e Emoções

O homem tem acesso às sensações especiais: percebe, através dos olhos, um belo pôr do Sol, sente o cheiro da terra molhada diante uma forte e esperada chuva e escuta uma melodia tranquilizadora após um dia estafante. O cérebro do homem permitiu a ele, além de detectar estímulos sensoriais do mundo exterior, exemplificados acima (sensações exteroceptivas), ter também sensações boas e más acerca do que está ocorrendo no interior do seu corpo. Essas sensações têm sido chamadas de interoceptivas e se relacionam às emoções.

As fibras dos nervos periféricos e as projeções neurais que conduzem informações sobre o estado interior do corpo para o cérebro terminam no córtex da ínsula - uma região cortical - precisamente na mesma região onde se encontram correlatos para os sentimentos da emoção. De outro modo, há uma entrada no cérebro para as informações corporais situadas na mesma região na qual se acha ligada a recepção dos sinais que mais diretamente representam o conteúdo dos nossos sentimentos.

Esses sinais corporais estão ligados à temperatura do corpo, aos estados de dor, à mudança de cor da pele, aos arrepios e comichões, às sensações viscerais e genitais, ao estado da musculatura lisa dos vasos sanguíneos e das paredes das vísceras, ao pH, ao nível da glicose, à presença de agentes inflamatórios, à contração ou relaxamento dos músculos esqueléticos, etc. Em resumo: nosso cérebro sempre está se informando, caso prestemos atenção a isso, do estado corporal diante disso ou daquilo, do cão feroz ou da brisa tranquilizadora.

O prazer de comer chocolate, o entusiasmo diante da grande paixão, o sofrimento doloroso da culpa, a prazerosa excitação erótica, bem como inúmeros outros fatos desencadeadores de emoções positivas e negativas potentes mostram alterações significativas no córtex da ínsula e no córtex da região do cíngulo, regiões estas que se tornam mais ativadas conforme as emoções do momento.

Todos esses dados fornecem apoio à idéia de que os sentimentos percebidos ou conscientizados estão correlacionados com a atividade dessas áreas cerebrais específicas (se houver lesões delas não iremos detectar esses sinais). Caso a pessoa seja colocada diante do estímulo sexual (que estimula uma região do cérebro específica), mas lhe é pedido que tente não ficar excitada com o estímulo, a região da ínsula é desativada (a relacionada ao estímulo sexual) e, ao mesmo tempo, é ativada a região relacionada aos pensamentos, pois, como foi prescrito, os sujeitos submetidos à experiência deviam forçar a entrada de pensamentos diversos para ir contra a emoção erótica que era não a desejada à pedido dos pesquisadores.

Os sentimentos estão estreitamente ligados às alterações de atividades das regiões somatossensoriais, inclusive as ligadas à sensação prazerosa que ocorre quando se faz uso de drogas (cocaína, crack, anfetamina, álcool e outros) comuns à toxicomania. Do mesmo modo, somos ativados prazerosamente por um tipo de voz doce e calma; por outro lado, outros tipos de vozes podem nos alegrar, excitar ou, ainda, nos irritar. Além disso, certo tipo de música pode nos provocar alegria, entusiasmo (hino nacional), tristeza ou arrepios. Todos esses fatos citados evocam não só estados emocionais, como também fisiológicos relacionados à calma, excitação, alegria, etc. Um simples e corriqueiro fato, como um elogio recebido, quando esse nos parece sincero, nos anima. Estamos sempre atentos à procura de sinais que nos levam para uma ilha esperada.

Experiências relacionadas à emoção da dor foram provocadas experimentalmente pedindo aos sujeitos da pesquisa para mergulhar uma das mãos na água gelada. Durante este estudo houve alterações notáveis em duas regiões somatossensoriais ligadas aos sentimentos de emoção: a ínsula e a região S II. Por outro lado, estímulos relacionados somente às vibrações não provocaram a ativação da ínsula, apenas nas regiões associadas às sensações físicas não-emocionais, ou seja, alterações na região SI, mas não na SII e na ínsula (relacionadas à existência de emoções).

Comente!

Você precisa fazer LogIn para publicar um comentário.

Você está lendo...

O poder das emoções

Capa  O poder das emoções

O livro busca explicar como as emoções atuam no pensamento e na avaliação do comportamento humano. As diversas emoções (medo, raiva, alegria, fe ...

Livro online (leia aqui!)

Painel de acesso

Veja também…

Abuso / Violência Sexual Abusos nas Receitas Médicas Agressividade e Violência Alcoolismo (vício em álcool) Ansiedade Ansiolíticos Antidepressivos Aprenda a não ser tolo Avaliação Psicológica / Diagnósticos Casamento: felicidade e problemas Charlatões / Manipuladores Comportamento / Condutas Consultas médicas / Exames / Tratamentos Crenças antigas / Mitos / Superstições Cérebro e Mente Dependência Psicológica Dependência Química / Drogadição Depressão Desenvolvimento Cognitivo / Cognição Disfunções Sexuais (Problemas Sexuais) Divórcio / Separação Doentes Mentais - Pacientes Psiquiátricos Doenças e Doentes Doenças Mentais (transtornos) Dopamina Drogas / Medicamentos / Remédios Educação e Conhecimento Efeitos Colaterais Emoções Primárias Emoções Sentimentos Controle Entendendo o Ser Humano Esquizofrenia Estresse (Stress) Estresses Problemas e Adversidades Estruturas Neurais Estímulos Emocionais Estímulos Sensoriais Evolução da Mente Família e Casamento Festas populares e Lazeres Filhos Filosofia Funções Cerebrais Guerra dos sexos Ideologias e sonhos Informação Linguagem e comunicação Jovens Ligações Amorosas / Afetivas / Sociais Linguagem médica / Jargões Livros Online Grátis Livros Psicologia Livros Psiquiatria Mapa mental Medicina Antiga Medo Pânico Memória e Indivíduo Médico vs Paciente Neuro-hormônios peptídeos Neurociência Neuropsicologia Neurotransmissores Oxitocina ou ocitocina Pensamento / Raciocínio Percepção Estímulo Poder da mente Política: Políticos e Corrupção Problemas sociais Psicologia Psicose (Delírios / Alucinações) Psicoterapia / Psicanálise Psiquiatria Psiquiatria Antiga Razão vs Emoção Receitas Médicas / Prescrição de Medicamentos Relacionamentos Religião Riscos para Saúde Saúde mental Serotonina Sexo e Sexualidade Simbolismos Sinapses Sistema Emocional Sistema límbico Sistema Motivacional Sistema Neural Neurônio Sistema Sensorial Sociedade: Valores e Cultura Solidão Suicídio Suicidas Síndrome de Abstinência Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) Transtorno de Personalidade Anti-social (antissocial) Transtorno de Personalidade Narcisista Transtornos de Ansiedade Transtornos de Personalidade Transtornos dos Hábitos e dos Impulsos Transtornos Emocionais (de Humor) Transtornos Sexuais Uso de Drogas (Consumo)