Classificação: Tipos e Subtipos de Memória

Imagem - Tipos de memórias

Os mecanismos neurais da memória não são completamente conhecidos. Considera-se que as informações transitórias e duradouras são armazenadas em diversas áreas corticais, de acordo com a sua função: memórias motoras no córtex motor, memórias visuais no córtex visual e assim por diante.

Dessas regiões elas podem ser mobilizadas como memória operacional pelas áreas pré-frontais, em ligação com áreas do córtex parietal e occitotemporal. Além disso, as memórias explícitas (conscientes) podem ser consolidadas pelo hipocampo e áreas corticais adjacentes do lobo temporal medial, em conexão com núcleos do tálamo e do hipotálamo.

Finalmente, o processo de consolidação pode ser fortemente influenciado por sistemas moduladores, especialmente aqueles envolvidos com o processamento emocional, como o complexo amigdalóide (amidalóide) do lobo temporal.

Vários mecanismos celulares e moleculares foram propostos como bases biológicas da memória, entre eles, os mecanismos da plasticidade sináptica e outros fenômenos de modificação dinâmica da função e da forma do sistema nervoso, em resposta às alterações do ambiente.

Exemplos da transferência continuada de informação de memória de curta duração para a de longa duração são observados no fenômeno do “priming” (gravação). O “priming” é tipicamente demonstrado apresentando-se aos sujeitos submetidos a um experimento um conjunto de itens onde eles são expostos sob falsos pretextos. Por exemplo: uma lista de palavras pode ser fornecida com a instrução de que os sujeitos devem identificar alguma característica que seja na verdade estranha ao experimento (por exemplo, dizer se as palavras são verbos, adjetivos ou substantivos). Mais tarde – em geral no dia seguinte – os mesmos indivíduos recebem um teste diferente do anterior; pede-se a eles que preencham com letras que faltam e que vierem à cabeça.

A lista que funciona como teste na verdade inclui fragmentos de palavras que foram apresentadas no dia anterior, misturados com fragmentos de palavras que não haviam sido apresentadas.

Os sujeitos colocam as letras para completar as palavras que foram apresentadas no dia anterior em uma velocidade muito maior do que seria esperado pelo acaso, mesmo que não tenham memória específica das palavras vistas anteriormente. Além disso, são mais rápidos para preencher com letras que formam as palavras previamente vistas do que palavras novas.

O “priming” mostra que uma informação previamente conhecida tem influência no conhecimento e ou detecção de outra, embora possamos estar completamente inconscientes de seu efeito no comportamento subsequente. O significado do “priming” é bem conhecido – pelo menos intuitivamente – de anunciantes, de professores, de cônjuges e de outros que tenham motivos para influenciar o modo como pensamos e agimos (criar intenções; criar um motivo para que uma idéia defendida pareça mais verossímil).

As memórias, mesmo aquelas sobre as quais estamos bastante seguros, são frequentemente falsas. Um teste de memória coloca numa primeira lista as palavras: bala, acre, açúcar, amargo, bom, sabor, dente, amável, mel, refrigerante, chocolate, coração, bolo, comer e torta; na segunda lista: sabor, ponto.

No dia seguinte uma nova lista é apresentada. Pede-se aos sujeitos para identificarem as que existiam na lista do dia anterior. Um grande número de erros foi verificado. Por exemplo: a palavra “doce” que não existia na primeira lista era imaginada como tendo existido, devido à palavra bolo, torta, etc.

Comente!

Você precisa fazer LogIn para publicar um comentário.

Você está lendo...

Homem, animal de duas cabeças

Capa  Homem, animal de duas cabeças

Somente há mais ou menos vinte anos que as principias revistas de Medicina e Biologia do mundo começaram a despejar sobre os leitores curiosos texto ...

Livro online (leia aqui!)

Painel de acesso

Veja também…

Abuso / Violência Sexual Abusos nas Receitas Médicas Agressividade e Violência Alcoolismo (vício em álcool) Ansiedade Ansiolíticos Antidepressivos Aprenda a não ser tolo Avaliação Psicológica / Diagnósticos Casamento: felicidade e problemas Charlatões / Manipuladores Comportamento / Condutas Consultas médicas / Exames / Tratamentos Crenças antigas / Mitos / Superstições Cérebro e Mente Dependência Psicológica Dependência Química / Drogadição Depressão Desenvolvimento Cognitivo / Cognição Disfunções Sexuais (Problemas Sexuais) Divórcio / Separação Doentes Mentais - Pacientes Psiquiátricos Doenças e Doentes Doenças Mentais (transtornos) Dopamina Drogas / Medicamentos / Remédios Educação e Conhecimento Efeitos Colaterais Emoções Primárias Emoções Sentimentos Controle Entendendo o Ser Humano Esquizofrenia Estresse (Stress) Estresses Problemas e Adversidades Estruturas Neurais Estímulos Emocionais Estímulos Sensoriais Evolução da Mente Família e Casamento Festas populares e Lazeres Filhos Filosofia Funções Cerebrais Guerra dos sexos Ideologias e sonhos Informação Linguagem e comunicação Jovens Ligações Amorosas / Afetivas / Sociais Linguagem médica / Jargões Livros Online Grátis Livros Psicologia Livros Psiquiatria Mapa mental Medicina Antiga Medo Pânico Memória e Indivíduo Médico vs Paciente Neuro-hormônios peptídeos Neurociência Neuropsicologia Neurotransmissores Oxitocina ou ocitocina Pensamento / Raciocínio Percepção Estímulo Poder da mente Política: Políticos e Corrupção Problemas sociais Psicologia Psicose (Delírios / Alucinações) Psicoterapia / Psicanálise Psiquiatria Psiquiatria Antiga Razão vs Emoção Receitas Médicas / Prescrição de Medicamentos Relacionamentos Religião Riscos para Saúde Saúde mental Serotonina Sexo e Sexualidade Simbolismos Sinapses Sistema Emocional Sistema límbico Sistema Motivacional Sistema Neural Neurônio Sistema Sensorial Sociedade: Valores e Cultura Solidão Suicídio Suicidas Síndrome de Abstinência Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) Transtorno de Personalidade Anti-social (antissocial) Transtorno de Personalidade Narcisista Transtornos de Ansiedade Transtornos de Personalidade Transtornos dos Hábitos e dos Impulsos Transtornos Emocionais (de Humor) Transtornos Sexuais Uso de Drogas (Consumo)