O Organismo/Fábrica e o Meio Ambiente

Imagem - Multidão

A “fábrica/organismo” de cada indivíduo habita um complicado terreno. O corpo humano, que faz parte da natureza biológica animal, vive num meio ambiente externo junto a outros animais, mas, também, convive com uma natureza vegetal, física, química, astronômica e outras, todas elas bastantes diferentes da biológica. As leis, biológicas e culturais, que regem a vida de Maria são singulares, elas diferem das leis que regem, por exemplo, a física, química, economia e a sociedade onde Maria mora. Cada uma dessas ciências (áreas do conhecimento agrupadas de certo modo) é composta de “materiais” diversos dos que compõem o corpo de Maria. Além disso, os elementos que formam os corpos físicos, químicos, por exemplo, se acham reunidos e interligados (organizados; compostos) conforme princípios próprios que diferem dos modelos (redes) explicativos que ligam as substâncias biológicas que deram origem ao corpo de Maria.

Mas, querendo ou não, é nesse ambiente externo agrupado (costurado) e composto de substâncias estranhas – nesse outro mundo – que Maria terá que viver. Esse mundo surpreendente e esquisito, regido por leis estranhas às de Maria, é, ao mesmo tempo, o fornecedor de matéria prima à sua sobrevivência (alimento, oxigênio, companheirismo, sexo) e, também, produtor de ameaças e riscos capazes, entre outras coisas, de exterminá-la. Maria, portanto, é forçada a viver e conviver em constante interação com um “ninho” estranho: um lar, ao mesmo tempo acolhedor e hostil. Toda a “fábrica/organismo”, querendo ou não, terá que manter contato íntimo e continuado com seu habitat natural; alguns organismos tornam-se mais aptos, outros menos, para se adaptarem nesse problemático ninho.

Entre os fatores necessários ao desenvolvimento de Maria – e de qualquer ser humano – estão outras pessoas com as quais ela convive. Os outros seres humanos, como Maria, semelhantes à natureza física e química existente no exterior e no interior de seus organismos, apesar de serem seres humanos, portanto, biológicos, são bem diferentes de Maria. Eles todos apresentam um genoma diferente, o que os tornam também ligeiramente estranhos. Mas tem mais: as experiências diferentes que tiveram, além de princípios diferentes que eles usam para reunir os fatos (suas teorias do mundo, de si mesmo, das coisas etc.) são, quase sempre, muito diversas do outro indivíduo como Maria. Tudo isso torna complicada a existência da harmonia entre as pessoas. Maria sofre por viver nesse complexo mundo físico-químico e na diversidade de pessoas encontradas. O marido de Maria pensa diferente dela e, sendo homem, tem um corpo não parecido com o dela e, ainda, foi educado por outras pessoas com outras idéias. Por tudo isso, o marido de Maria, que é uma de suas fontes de prazer, é, também, a origem da maioria de seus sofrimentos, pois seus contatos satisfatórios e insatisfatórios são frequentes.

Resumindo: o mundo externo, coisas e pessoas, são essenciais para nosso desenvolvimento e prazer, mas é também o contrário de tudo isso. Uma grande parte dos clientes que atendi durante minha vida de psiquiatra/psicólogo procurou-me devido aos problemas com o marido/esposa, filhos, namorados, pais, amigos etc., isto é, os mesmos que, geralmente, produziam prazer e companheirismo.

Comente!

Você precisa fazer LogIn para publicar um comentário.

Você está lendo...

As Diversas Faces do Homem

Capa  As Diversas Faces do Homem

O objetivo aqui é o de transmitir ao leitor, ideias gerais e exemplos concretos capazes de esclarecer um pouco melhor a compreensão e a explicação ...

Livro online (leia aqui!)

Painel de acesso

Veja também…

Abuso / Violência Sexual Abusos nas Receitas Médicas Agressividade e Violência Alcoolismo (vício em álcool) Ansiedade Ansiolíticos Antidepressivos Aprenda a não ser tolo Avaliação Psicológica / Diagnósticos Casamento: felicidade e problemas Charlatões / Manipuladores Comportamento / Condutas Consultas médicas / Exames / Tratamentos Crenças antigas / Mitos / Superstições Cérebro e Mente Dependência Psicológica Dependência Química / Drogadição Depressão Desenvolvimento Cognitivo / Cognição Disfunções Sexuais (Problemas Sexuais) Divórcio / Separação Doentes Mentais - Pacientes Psiquiátricos Doenças e Doentes Doenças Mentais (transtornos) Dopamina Drogas / Medicamentos / Remédios Educação e Conhecimento Efeitos Colaterais Emoções Primárias Emoções Sentimentos Controle Entendendo o Ser Humano Esquizofrenia Estresse (Stress) Estresses Problemas e Adversidades Estruturas Neurais Estímulos Emocionais Estímulos Sensoriais Evolução da Mente Família e Casamento Festas populares e Lazeres Filhos Filosofia Funções Cerebrais Guerra dos sexos Ideologias e sonhos Informação Linguagem e comunicação Jovens Ligações Amorosas / Afetivas / Sociais Linguagem médica / Jargões Livros Online Grátis Livros Psicologia Livros Psiquiatria Mapa mental Medicina Antiga Medo Pânico Memória e Indivíduo Médico vs Paciente Neuro-hormônios peptídeos Neurociência Neuropsicologia Neurotransmissores Oxitocina ou ocitocina Pensamento / Raciocínio Percepção Estímulo Poder da mente Política: Políticos e Corrupção Problemas sociais Psicologia Psicose (Delírios / Alucinações) Psicoterapia / Psicanálise Psiquiatria Psiquiatria Antiga Razão vs Emoção Receitas Médicas / Prescrição de Medicamentos Relacionamentos Religião Riscos para Saúde Saúde mental Serotonina Sexo e Sexualidade Simbolismos Sinapses Sistema Emocional Sistema límbico Sistema Motivacional Sistema Neural Neurônio Sistema Sensorial Sociedade: Valores e Cultura Solidão Suicídio Suicidas Síndrome de Abstinência Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) Transtorno de Personalidade Anti-social (antissocial) Transtorno de Personalidade Narcisista Transtornos de Ansiedade Transtornos de Personalidade Transtornos dos Hábitos e dos Impulsos Transtornos Emocionais (de Humor) Transtornos Sexuais Uso de Drogas (Consumo)